PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL

Veja aqui os principais índices e estatísticas sobre as micro e pequenas empresas.

Download(PDF)

Notícias do seu estado

Selecione o estado:

Conheça a área Multimídia da ASN

Acesse e baixe fotos, vídeos e áudios para uso jornalístico. É necessário citar os créditos do autor.

Seminário: Sistema nacional de fomento e o crédito: Condições e Possibilidades

Foto : Rodrigo de Oliveira

Fotos Download

1 de 3

Seminário: Sistema nacional de fomento e o crédito: Condições e Possibilidades
Confira acervo completo


X

Empretec desenvolve perfil empreendedor de interessados em ter o próprio negócio

Rosane Espíndola, do Paraná, é representante artística e quer abrir uma produtora de eventos. O consultor do Sebrae, Renato Santos, explica os passos que ela deve seguir. “Olá Rosane, parabéns pela sua visão. Oportunidades de negócio que são derivadas de uma atividade profissional costumam ter mais chance de sucesso, porque o empreendedor já tem informações e conhece bem o mercado – ou seja, você está no caminho certo. Por outro lado, ser empresário envolve habilidades diferentes das que você utiliza para ser uma representante bem-sucedida, e é importante desenvolvê-las. Uma boa dica é procurar o Empretec, um curso que o Sebrae oferece para o desenvolvimento do perfil empreendedor. Ele pode te ajudar a entender os principais desafios do novo negócio e ajudá-la a formular e responder as perguntas-chave antes de abrir sua empresa. Depois disso,ainda poderá contar com a consultoria do Sebrae ou outras opções de capacitação. Por isso, não perca tempo: mãos à obra e sucesso.

  • Rosane Espíndola, do Paraná, é representante artística e quer abrir uma produtora de eventos. O consultor do Sebrae, Renato Santos, explica os passos que ela deve seguir. “Olá Rosane, parabéns pela sua visão. Oportunidades de negócio que são derivadas de uma atividade profissional costumam ter mais chance de sucesso, porque o empreendedor já tem informações e conhece bem o mercado – ou seja, você está no caminho certo. Por outro lado, ser empresário envolve habilidades diferentes das que você utiliza para ser uma representante bem-sucedida, e é importante desenvolvê-las. Uma boa dica é procurar o Empretec, um curso que o Sebrae oferece para o desenvolvimento do perfil empreendedor. Ele pode te ajudar a entender os principais desafios do novo negócio e ajudá-la a formular e responder as perguntas-chave antes de abrir sua empresa. Depois disso,ainda poderá contar com a consultoria do Sebrae ou outras opções de capacitação. Por isso, não perca tempo: mãos à obra e sucesso.
  • A microempresária Isabel Pacheco tem uma loja de doces em Belo Horizonte, Minas Gerais. Sua maior dificuldade é lidar com a parte financeira da empresa. Isabel procurou o Sebrae e fez um curso direcionado para essa área. “Você aprende a fazer fluxo de caixa, a por preço no produto. Essa parte financeira todinha tem que ser muito planejada, muito bem estruturada. Você tem que ter muito conhecimento do que está entrando, do que está saindo, de estoque. Tudo que for importante para o seu negócio, lá eles te ensinam. A empresa existe há quatro anos, Começou com três funcionários e atualmente são cinco. A produção quadruplicou nesse período.
  • Com o programa Encadeamento Produtivo, o Sebrae ajuda os empresários de pequenos negócios a se tornarem fornecedores de grandes companhias, como a Gerdau e a Vale, por exemplo. É o que explica o presidente Luiz Barretto. “Qualquer pequena empresa pode ser fornecedora de uma grande empresa. Agora ela precisa de alguns requisitos básicos. Ela precisa ter uma produção de boa qualidade e ela precisa ter escala para poder entregar sem atraso o produto combinado. O Sebrae faz a intermediação, aproxima a grande empresa da pequena, faz um diagnóstico da pequena empresa, levantando os pontos fortes e os pontos fracos, estabelece um plano de trabalho para que ela possa atingir esses objetivos. O presidente ressalta que esse é um mercado muito exigente mas que o pequeno negócios que se preparar para isso só tem a ganhar.
  • João de Deus era pintor e decidiu abrir uma loja de material de construção em Aracati, no Ceará. Na época, ele participou do Empretec, seminário da ONU ministrado no Brasil pelo Sebrae, que ajuda a desenvolver características empreendedoras de quem quer abrir um negócio. João de Deus conta o que aprendeu. “As partes mais técnicas, de mais conhecimento, de localização, visibilidade, foi o que eu aprendi no Empretec. Durante três anos, foi muita dificuldade porque, iniciar uma empresa sem recursos e sem capital, não é fácil. Então, o Empretec me mostrou o caminho. No início, era eu e um filho e hoje, temos oito funcionário, todo mundo com carteira assinada. Isso, para mim, foi um grande crescimento”. Mais informações sobre o Empretec em uma unidade do Sebrae ou pelo 0800 570 0800. Quer saber mais? Procure o Sebrae, especialista em pequenos negócios.
Confira acervo completo