PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL

Veja aqui os principais índices e estatísticas sobre as micro e pequenas empresas.

Download

Notícias do seu estado

Selecione o estado:

Conheça a área Multimídia da ASN

Acesse e baixe fotos, vídeos e áudios para uso jornalístico. É necessário citar os créditos do autor.

1º lugar: Rio Grande do Sul - Lev S.A/E

Foto Charles Damasceno

Fotos Download

1 de 7

1º lugar: Rio Grande do Sul - Lev S.A/E
Confira acervo completo


X

Escolha as melhores oportunidades

No programa de hoje, o consultor do Sebrae Renato Santos fala qual é o primeiro passo para abrir um negócio. “A principal decisão ao iniciar seu negócio é a escolha da oportunidade. Ela vai definir o formato, a localização e as pessoas para operarem a empresa. Essa definição pode fazer a diferença entre o sucesso ou fracasso. Dois requisitos são básicos: primeiro, é preciso ter certeza se existe demanda para sua ideia. Isso não significa saber se existem consumidores na região, mas também se o mercado é suficiente para a concorrência. Depois é preciso identificar o seu diferencial. Se fizer o mesmo que os concorrentes, você atrairá o cliente que decide pelo preço. O cliente que decide pela qualidade é normalmente o grupo mais fiel e o que paga melhor. Bons negócios e sucesso!”

  • No programa de hoje, o consultor do Sebrae Renato Santos fala qual é o primeiro passo para abrir um negócio. “A principal decisão ao iniciar seu negócio é a escolha da oportunidade. Ela vai definir o formato, a localização e as pessoas para operarem a empresa. Essa definição pode fazer a diferença entre o sucesso ou fracasso. Dois requisitos são básicos: primeiro, é preciso ter certeza se existe demanda para sua ideia. Isso não significa saber se existem consumidores na região, mas também se o mercado é suficiente para a concorrência. Depois é preciso identificar o seu diferencial. Se fizer o mesmo que os concorrentes, você atrairá o cliente que decide pelo preço. O cliente que decide pela qualidade é normalmente o grupo mais fiel e o que paga melhor. Bons negócios e sucesso!”

    Escolha as melhores oportunidades

  • Há dois anos, Ruy Carvalho teve a ideia de abrir, em Goiânia (GO), uma empresa que faz entregas usando a bicicleta como meio de transporte. Ruy teve ajuda do Sebrae para formalizar o empreendimento e consultorias para fazer o plano de negócios. “A partir do plano de negócios reunimos os dados para fazer a pesquisa de campo. Quando a gente começou o projeto, ele tinha um conceito e a gente estava procurando atingir o mercado como um todo. A partir daí, vimos que precisávamos analisar o perfil de quem seriam os nossos clientes para a nossa empresa. A gente viu que precisava trabalhar de uma maneira mais eficiente e eficaz com serviço personalizado.” O empresário já abriu outras lojas em Palmas, no Tocantins, e em Marabá, no Pará. Até 2017, Ruy pretende estar com 40 lojas.

    Plano de negócios direciona empresa de Goiás

  • Para muitos empreendedores, marketing é sinônimo de vendas, ou seja, a estratégia de marketing é uma estratégia para vender mais. Trabalhar o mercado sem dúvida assegura mais vendas, mas o marketing é muito mais que isso. Quando se fala em marketing, estamos trabalhando o relacionamento do cliente com a marca. E mesmo que você seja um representante ou franqueado de uma marca maior, os clientes saberão separar o trabalho que cabe à marca representada do trabalho que cabe a você como operador local. Entenda o marketing como a sua estratégia de relacionamento com o consumidor. Que imagem você quer transmitir? Como quer posicionar o seu negócio frente às opções do mercado? O Sebrae oferece capacitação, consultoria e até um assistente online para você preparar seu próprio plano, o Click Marketing. Acesse sebrae.com.br, bom trabalho e sucesso!!!

    Utilize o marketing como ferramenta de competitividade

  • Pedro Lopes e a esposa vendem pizza em Brasília, Distrito Federal. Há um ano, Pedro tornou-se microempreendedor individual. Ele conta que com a formalização conseguiu aumentar as vendas. Um dos motivos desse aumento foi ele ter adotado máquina de cartão para recebimentos dos clientes. “Com essa maquininha de cartão as minhas vendas triplicaram. Eu vendo hoje 70% a mais. Melhorou muito. Facilitou muito a minha vida”. Segundo Pedro, outra vantagem de se tornar microempreendedor individual foi conseguir empréstimos bancários. “Eu já fiz empréstimo. Comprei meus maquinários e hoje estou trabalhando por conta própria. Valeu. Os juros são muito baixos. O empresário vende em média 50 caixas de pizza por mês. Mais informações sobre o MEI, no portaldoempreendedor.gov.br.

    Empreendedor fatura ao se formalizar como MEI

Confira acervo completo