PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL

Veja aqui os principais índices e estatísticas sobre as micro e pequenas empresas.

Download(PDF)

Notícias do seu estado

Selecione o estado:

Conheça a área Multimídia da ASN

Acesse e baixe fotos, vídeos e áudios para uso jornalístico. É necessário citar os créditos do autor.

Lançamento da linha de cosméticos Amenities do Talentos do Brasil Rural

Foto : Rodrigo de Oliveira

Fotos Download

1 de 10

Lançamento da linha de cosméticos Amenities do Talentos do Brasil Rural
Confira acervo completo


X

Papo de Negócios apresenta oportunidades geradas com a Copa do Mundo

O Sebrae realiza nesta sexta-feira (25), em Manaus, no Amazonas, a última edição do Papo de Negócios Sebrae 2014: agora é bola na rede e negócio fechado. O evento traz depoimentos de empresários que já estão lucrando com a Copa do Mundo. É o que explica o gerente de Acesso a Mercados do Sebrae, Paulo Alvim. “A gente está focando naqueles segmentos que têm mais força de ganhar nesses próximos 60 dias pré-copa e, principalmente, nesse período de 30 dias da Copa do Mundo. O Sebrae, desde 2010, vem trabalhando com um conjunto de quase 40 mil pequenos negócios nas cidades-sedes, que já venderam até o momento R$ 350 milhões. Temos como meta no dia da Copa superar R$ 500 milhões em vendas adicionais”, diz. O Papo de Negócios ocorrerá na Feira do Empreendedor, nesta sexta, às 10h, e será transmitido via internet. Acesse www.sebrae.com.br (Programa Minuto Sebrae 781).

  • O Sebrae realiza nesta sexta-feira (25), em Manaus, no Amazonas, a última edição do Papo de Negócios Sebrae 2014: agora é bola na rede e negócio fechado. O evento traz depoimentos de empresários que já estão lucrando com a Copa do Mundo. É o que explica o gerente de Acesso a Mercados do Sebrae, Paulo Alvim. “A gente está focando naqueles segmentos que têm mais força de ganhar nesses próximos 60 dias pré-copa e, principalmente, nesse período de 30 dias da Copa do Mundo. O Sebrae, desde 2010, vem trabalhando com um conjunto de quase 40 mil pequenos negócios nas cidades-sedes, que já venderam até o momento R$ 350 milhões. Temos como meta no dia da Copa superar R$ 500 milhões em vendas adicionais”, diz. O Papo de Negócios ocorrerá na Feira do Empreendedor, nesta sexta, às 10h, e será transmitido via internet. Acesse www.sebrae.com.br (Programa Minuto Sebrae 781).
  • Alan Moraes presta consultoria na área de atividade física, em Brasília (DF). Ele já teve uma academia e o negócio não deu certo. Desta vez, antes de abrir sua empresa, ele fez diversos cursos no Sebrae, entre eles o Empretec - seminário voltado para o desenvolvimento das características empreendedoras. Alan conta que identificou seus pontos fortes e fracos."Pude trabalhar em cima de coisas que tenho de ruim e melhorar o que tenho de bom. Fiz isso mesmo procurando especialistas, consultores, estudiosos. Eu estudei muito e realmente consegui desenvolver uma metodologia.O Empretec foi pra mim um divisor de águas". O Empretec é um seminário de seis dias, desenvolvido pela ONU e coordenado no Brasil pelo Sebrae (Programa Minuto Sebrae 780)
  • A paraibana Thaís Fernandes tem uma empresa virtual de presentes personalizados. Ela se inscreveu no Prêmio Sebrae Mulher de Negócios, em 2012. Ficou em primeiro lugar na etapa regional, na categoria Microempreendedora Individual. Thaís conta o que chamou a atenção do Sebrae na sua história como empreendedora. "Comecei minha trajetória com 15 anos de idade e ser uma das pioneiras nesse setor de comércio de presentes personalizados. Em menos de três anos já tinha vendido para o Brasil todo. Eu abri uma empresa sem investir um real. Minha empresa foi crescendo junto comigo. Sempre busquei estudar, fazer curso de capacitação no Sebrae. Eu acho que tudo isso influenciou na premiação". O Prêmio Sebrae Mulher de Negócios está com inscrições abertas até o dia 31 de julho, no site www.premiomulherdenegocios.sebrae.com.br.
  • Rosane Espíndola, do Paraná, é representante artística e quer abrir uma produtora de eventos. O consultor do Sebrae, Renato Santos, explica os passos que ela deve seguir. “Olá Rosane, parabéns pela sua visão. Oportunidades de negócio que são derivadas de uma atividade profissional costumam ter mais chance de sucesso, porque o empreendedor já tem informações e conhece bem o mercado – ou seja, você está no caminho certo. Por outro lado, ser empresário envolve habilidades diferentes das que você utiliza para ser uma representante bem-sucedida, e é importante desenvolvê-las. Uma boa dica é procurar o Empretec, um curso que o Sebrae oferece para o desenvolvimento do perfil empreendedor. Ele pode te ajudar a entender os principais desafios do novo negócio e ajudá-la a formular e responder as perguntas-chave antes de abrir sua empresa. Depois disso,ainda poderá contar com a consultoria do Sebrae ou outras opções de capacitação. Por isso, não perca tempo: mãos à obra e sucesso.
Confira acervo completo