Moda

Exposição de moda apresenta identidade cultural com grafismos Maracá e Cunani

O objetivo do evento é apresentar ao público o resultado do Projeto de Moda Maracá e Cunani para viabilizar a comercialização de produtos que promovam a identidade cultural do Amapá

Em preparação ao evento de exposição, as empresas passaram por oficinas criativas para estimular a criatividade no desenvolvimento de estampas com identidade própria.A Exposição Ancestralidade – A Arqueologia na Moda Contemporânea do Amapá acontece nos períodos de 3 a 5, 10 a 12 e 16 a 18 de novembro, no Shopping Macapá, Amapá Garden Shopping e Villa Nova Shopping, respectivamente. O evento é uma realização do Sebrae, por meio do Projeto Atendimento Setorial de Indústrias de Macapá e Santana, em parceria com os três (3) shoppings para estimular o empresariado a produzir as próprias peças com valores culturais regionais.
 
Para a diretora técnica do Sebrae no Amapá, Isana Alencar, a exposição é um resgate à cultura amapaense, utilizando os grafismos Maracá e Cunani, para mostrar a importância da identidade cultural na moda. “Fizemos esse resgate dos traços das antigas civilizações do Amapá, Maracá e Cunani para transferí-los à moda, pois o mercado busca por símbolos de identidade cultural, onde o consumidor pode valorizar a referência local e se sentir à vontade em comprar produtos que representem a história do estado”, justifica a diretora técnica do Sebrae no Amapá, Isana Alencar.
 
De acordo com a analista do Sebrae e gestora do projeto, Vanusa Collares, a exposição apresenta ao público, o resultado do Projeto de Moda Maracá e Cunani desenvolvido junto às empresas de confecção de Macapá e Santana. “O evento mostra a coleção com grafismos Maracá e Cunani e viabiliza a comercialização dos produtos para fomentar o segmento de moda, utilizando soluções alternativas com peças que divulguem a identidade cultural do Amapá”, reafirma a analista do Sebrae, Vanusa Collares.
 
Exposição
 
Em preparação ao evento de exposição, as empresas passaram por oficinas criativas para estimular a criatividade no desenvolvimento de estampas com identidade própria. “Observar as estampas é um grande passeio no imaginário das empresárias e uma ótima diversão, o Sebrae aposta na experimentação criativa, explorando os valores imateriais, como as identidades ancestrais, para estimular a criatividade do setor de confecção de Macapá e Santana”, disse Vanusa Colares.
 
O Projeto Atendimento Setorial de Indústrias de Macapá e Santana do Sebrae busca instigar o empresariado amapaense a realizar novas buscas por inserções de identidades ainda não divulgadas, ou ainda, intocadas, que existem na cultural local.
 
Coleção
 
São responsáveis pela confecção da coleção, seis (6) empresas locais – Fio de Ouro, Ateliê Maria Paixão, Manna Ateliê, Tânia Moda Praia, Clube da Luluzinha e Eva Malhas –, a coleção é composta por vestuário e acessórios (bolsas e adornos), desenvolvidos pelas próprias expositoras, sob a orientação de designers contratados.
 
A identidade Maracá e Cunani é encontrada em estampados de vasos decorativos, artefatos de uso em geral e urnas funerárias. Trata-se de uma diversa estratificação de desenhos e composições, com formas geométricas e curvilíneas muito marcantes, além de algumas tentativas de representar a vida selvagem, um indício das relações daqueles povos com o meio ambiente e peculiaridades.
 
 
Serviço:
Sebrae no Amapá
Unidade de Marketing e Comunicação: (96) 3312-2832
Central de Relacionamento: 0800 570 0800
Portal Sebrae: www.ap.sebrae.com.br
Twitter: @sebraeap
Facebook: /sebraeap