Economia

Empresário aproveita a oportunidade e conquista a avenida

Conheça o caso do catarinense Fabiano Silva que aproveitou para faturar no Carnaval

Além da diversão, o Carnaval também é aguardado pelo desenvolvimento de novas oportunidades em Santa Catarina. A festa abre diversas possibilidades para quem está disposto a atender a demanda do mercado neste período.

Quem aposta na festa tem chances de ganhar visibilidade durante o ano inteiro. Foi o caso do catarinense Fabiano Silva, que realizava sonorizações em bares e pequenos eventos e percebeu que estava perdendo oportunidades de trabalho por não emitir nota fiscal. Dessa forma, em 2011 abriu a empresa FSSOM e se destacou no seu nicho de mercado por atuar de maneira formal.

Frequentador da escola de samba GRES Consulado desde 1999, Fabiano decidiu unir o trabalho com a sua paixão pelo Carnaval. Em 2013, foi convidado a fazer a sonorização e montagem de palco da quadra de ensaios da escola. A fase não era favorável e a escola de samba estava em um momento ruim em que ninguém queria se tornar fornecedor. “A escola estava sendo rebaixada, a diretoria estava mudando e tinham diversas dívidas. Cheguei a trabalhar de graça, mas tinha certeza que se eu persistisse ia ter um retorno depois”, afirma Fabiano.

A qualidade da entrega da FSSOM foi chamando atenção da escola de samba e convidaram Fabiano para um desafio ainda maior: fazer a iluminação e todos os efeitos especiais dos carros alegóricos.

Na primeira vez que realizou o trabalho na avenida, em 2016, a escola subiu para a primeira divisão. Desde então, a categoria som e iluminação da GRES Consulado sempre recebeu a nota máxima dos jurados.

“Eu já atuava na área, mas trabalhar na escola de samba trouxe visibilidade e reconhecimento para a minha empresa. De dezembro a março, a GRES Consulado tem a minha dedicação exclusiva. Durante o restante do ano, colho os frutos que o Carnaval me proporcionou”, ressalta o empresário.