Inovação

Empresas tecnológicas buscam investidores

Campus Party Recife é oportunidade de network e financiamentos de novos negócios

Brasília - Um aplicativo que detecta cobrança indevida nas contas telefônicas; óculos para deficientes visuais que avisam sobre os obstáculos que podem atingi-los no tórax e na cabeça; e uma central de informações meteorológicas que ajuda produtores a tomarem decisões sobre suas plantações. Essas são apenas algumas das propostas dos 50 participantes do Startups & Markers Camp, feira de negócios que compõe a programação da Campus Party Recife 2015, que começa nesta quinta (23) e vai até sábado (25).

“As empresas foram escolhidas pelo Sebrae e parceiros, a partir do potencial de mercado, capacidades de seus empreendedores e o modelo de negócio. A instituição apoia a iniciativa pelo terceiro ano consecutivo, viabilizando a conexão desses empreendedores com investidores, aceleradoras e potenciais clientes. As empresas participantes do espaço receberão mentoria de profissionais experientes durante o evento”, afirma o gerente de Serviços do Sebrae Nacional, André Spínola.

Para o empresário cearense Ibsen Leite, a participação é uma oportunidade para divulgar seu serviço de auditoria em contas telefônicas corporativas e conseguir investimento para alavancá-lo. “Em mais de 90% das contas auditadas, há cobrança para mais. Um de nossos clientes recuperou R$ 82 mil em seis meses de atendimentos. Sabemos que é um serviço relevante, mas precisamos divulgar para conquistar mais fregueses”, afirma.

Encontrar um investidor também é o objetivo da Annuit Walker, empresa que recebeu recentemente o prêmio global da ONU no World Summit Youth Awards. Criado pelo grupo de pesquisa pernambucano WearIT, o projeto necessita de aporte para colocar em linha de montagem os óculos que auxiliam na mobilidade de pessoas com deficiência visual por meio de ondas de ultrassonografia. O acessório pode ser conjugado com um aplicativo de celular que sugere caminhos com menos empecilhos aos usuários.  

“A forma como o clima tem se alterado impacta diretamente a produção rural e, consequentemente, os pequenos negócios do campo, que já sofrem com pouco acesso a financiamentos e outras dificuldades”, afirma o paulista José Damico, que também vai à Campus na esperança de atrair os olhares dos investidores. Pensando nisso, ele e dois amigos criaram o empreendimento social chamado de Scicrop.

A intenção é monitorar dados do clima, do solo e dos ventos para auxiliar os produtores nas tomadas de decisão e, ao mesmo tempo, oferecer subsídios para que instituições financeiras possam investir nesses empreendimentos com mais segurança, tendo em vista que o manejo da produção ocorre de forma mais acertada com o uso da plataforma.

Maratona de Negócios

Motivados pelos temas Empreendimento Social, Economia Criativa, Educação, Tecnologia/Cultura Digital e Cidades Inteligentes, jovens desenvolveram propostas de negócios inovadores que serão testadas e melhoradas durante os três dias de evento, na 4ª edição da Maratona de Negócios.

Ao final, os cinco melhores projetos de cada categoria, escolhidos por uma comissão de especialistas do Sebrae e parceiros, serão apresentados a uma banca, formada por investidores, aceleradoras, incubadoras e provedores de serviços.

“Nossa intenção é dar aos jovens a certeza de que suas ideias podem virar um negócio lucrativo, oferecendo capacitação e conhecimento e, ao mesmo tempo, aproximando esses potenciais empreendedores de agentes que podem investir nessas ideias e fazer com que elas saiam mais rapidamente do papel e tenham sucesso no mercado”, observa André Spínola.

Os participantes terão acesso a palestras, bate-papos e workshops, receberão consultoria do Sebrae nas áreas de acesso a mercados, finanças e modelo de negócios, além de orientações de 20 Agentes Locais de Inovação (ALI) sobre o modelo canvas, ferramenta que permite estruturar novos modelos de negócios em uma única folha de papel.

Os representantes de cada empresa vencedora receberão do Sebrae um curso do Empretec para aprimorar seus modelos de negócios, acessar mercados e colocar em prática as ideias apresentadas durante a Campus Party.

Serviço:

Campus Party
De 23 a 26 de julho
Av. Prof. Andrade Bezerra, S/N - Salgadinho, Olinda - PE, 53111-970
Site: http://recife.campus-party.org

 

Mais informações:
Assessoria de Imprensa Sebrae
(61) 8144-5522
(61) 3243-7851
(61) 3243-7852
(61) 2104-2768
(61) 2104-2770
imprensa@sebrae.com.br

 

 

Tags: tecnologia, Campus Party, Tecnologia da Informação, startup

Compartilhe nas redes sociais