Encontro

Governo quer estreitar parcerias com o Sebrae para melhorar a produtividade do país

Durante palestra a dirigentes da instituição, o secretário do Ministério da Economia, Carlos da Costa, afirmou que as micro e pequenas empresas é que fazem a economia do brasileiro crescer

O Ministério da Economia quer estreitar as parcerias com o Sebrae para melhorar a produtividade no país. A manifestação de aliança partiu do secretário especial de Produtividade, Competitividade e Emprego da pasta, Carlos Alexandre da Costa, durante palestra, nesta terça-feira (5), para dirigentes do Sebrae de todo os estados. Ele ressaltou que o governo vai direcionar esforços para tocar as agendas em favor do setor produtivo e que as micro e pequenas empresas são fundamentais não apenas por sua capacidade de produzir, mas também pela geração de empregos e renda. A palestra encerrou o primeiro dia do Encontro de Dirigentes do Sebrae, que começou nesta terça e prossegue até esta quinta-feira (7).

Carlos da Costa afirmou que o objetivo do governo federal é fechar parcerias mais estratégicas para melhorar os dois principais entraves da produtividade, que é o capital humano e a capacidade gerencial. “Precisamos dar um salto na capacitação no país e nas micro e pequenas empresas muito mais”, ressaltou o secretário. “Por isso, temos que estreitar as parcerias com o Sebrae para melhorar o ambiente de negócios para que as MPE contribuam com o desenvolvimento do país e cresçam junto”, acrescentou o secretário, explicando que a postura do governo em adotar uma agenda mais liberal na economia vem justamente para fortalecer o setor, classificado por ele como prioridade.

O presidente do Sebrae, João Henrique Sousa, colocou a instituição à disposição do governo para capacitar os micro e pequenos empresários, afirmando que a intenção é alinhar com a política econômica do governo. “Estamos realizando três dias de encontro entre os novos dirigentes do Sebrae para montarmos a estrutura que queremos implementar nos próximos anos”, afirmou o presidente, se referindo ao evento que acontece em Brasília até quinta-feira (7), com todos os gestores da instituição.

O evento, que teve a participação dos diretores Técnico e de Administração e Finanças do Sebrae Nacional, Vinicius Lages e Carlos Melles, respectivamente, também contou a presença do senador Jorginho Mello, representando a Frente Parlamentar Mista de Defesa das Micro e Pequenas Empresas. “Estaremos sempre à disposição do Sebrae e do governo nesta luta”, afirmou Mello, depois de relatar os vários projetos aprovados no Congresso em favor do setor.