Economia

Presidente do Conselho Nacional do Sebrae defende incentivo à competitividade dos pequenos negócios

Em discurso durante o encontro dos diretores estaduais da instituição, José Roberto Tadros diz que é preciso atuar em cooperação com parceiros públicos e privados

O presidente do Conselho Deliberativo Nacional (CDN) do Sebrae, José Roberto Tadros, pediu empenho aos novos dirigentes estaduais da instituição para promover a competitividade e o desenvolvimento sustentável dos pequenos negócios. Tadros, que também é presidente da Confederação Nacional do Comércio (CNC), participou da mesa de encerramento do Encontro de Dirigentes do Sistema Sebrae, nesta quinta-feira (7), juntamente com o presidente do Sebrae Nacional, João Henrique de Almeida Sousa, o diretor técnico, Vinícius Lages, e o diretor de Administração e Finanças, Carlos Melles.

Ele defendeu que os novos diretores trabalhem em cooperação com outras instituições públicas e entidades de classe, e ressaltou que o país passa por um processo de transformação, que pode melhorar o cenário para as micro e pequenas empresas. O presidente do CDN acredita que a adoção de medidas pelo governo, como a redução da carga tributária, dará novo fôlego às micro e pequenas empresas. “Os novos dirigentes devem se empenhar para articular políticas visando ampliar os benefícios que devem melhorar o ambiente onde atuam as micro e pequenas empresas, foco fundamental do nosso sistema”, afirmou. 

Tadros ressaltou que um dos papéis dos novos diretores estaduais é incentivar a capacitação dos pequenos negócios. “Para os que estão chegando ao Sistema, é importante levar em conta que o Sebrae terá que se superar para produzir mais capacitação e estimular a inovação, ajudando o micro e pequeno empreendedor a se capacitar presencial e à distância e a se organizar para melhor competir no mercado globalizado, utilizando todos os recursos tecnológicos possíveis”, acrescentou.

O presidente do CDN afirmou que a transformação digital do Sebrae deve ser permanente, assim como o aperfeiçoamento do processo de transparência que, segundo ele, é um dever indiscutível para que a instituição continue a merecer o respeito da sociedade. Tadros ainda estimulou aos dirigentes que mantenham a defesa do Sistema, ressaltando a necessidade de mostrar o trabalho desenvolvido e como ele é feito e como é entregue à sociedade brasileira, para evitar que haja desinformação.

 

Assessoria de Imprensa Sebrae 

Telefone (61) 3348-7570 / (61) 3348-7754