Em São Paulo

Sebrae abre fórum que debate saídas para a crise no setor de food service

Diretor de Finanças do Sebrae enfatiza importância de introduzir novos padrões de gestão no setor de alimentação fora do lar

Diretor Vinicius Lages durante a abertura do eventoSão Paulo - O Sebrae e a Food Consulting deram início nesta quarta-feira (15), em São Paulo, ao 1º Fórum Fispal Food Service, com o objetivo de discutir os cenários e desafios para os negócios de alimentação fora do lar superarem a crise. O diretor de Administração e Finanças do Sebrae Nacional, Vinicius Lages, destacou a importância para os empresários, em meio a um cenário de retração na economia, de introduzirem novos padrões de gestão para ganharem produtividade e competitividade. “Temos que profissionalizar a economia de serviços, já que estamos tendo um ajuste para valer. Não devemos desperdiçar a oportunidade da crise para sairmos mais fortes”, disse o diretor.  

Lages participou de um painel interativo sobre cenários e desafios para o setor de alimentação fora do lar, juntamente com Sergio Molinari (Food Consulting), que realizou a mediação, Paulo Solmucci Junior, da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Giovani Assis Mendonça, da Associação Brasileira da Indústria de Panificação e Confeitaria (ABIP), e Tathiane Frezarin (Kantar Worldpanel).

Lages enfatizou o objetivo do Sebrae de levar informação e conhecimento aos empresários que participam da 32ª Fispal Food Service, no Expo Center Norte, em São Paulo, onde ocorre paralelamente o Fórum. “O Sebrae marca presença em um grande evento como esse promovendo o debate sobre os grandes temas, os desafios e projetos relacionados aos negócios do setor”, enfatizou o diretor. Cerca de 200 empresários e gestores do setor de alimentação fora do lar, de diversas partes do Brasil, estiveram presentes hoje no Fórum. 

O Sebrae também está levando 2,5 mil empresários de dez estados (AP, RO, PA, PI, AL, MT, MG, SP, ES e RS) para participar da Fispal e conhecer as principais tendências do setor, tecnologia e eficiência de produção, produtos de maior valor agregado, inovação, fidelização de clientes, sustentabilidade, legislação, gestão de pessoas, entre outros assuntos relevantes para o dia a dia do seu negócio.

Em sua explanação, o diretor enfatizou  que os empresários devem manter a austeridade em um período de retração na economia, mas sem abrir mão da qualidade dos serviços oferecidos, sob o risco de perderem seus clientes. Lages lembrou que, mesmo em negócios com pouco potencial de inovação, é essencial que os empresários proporcionem novas experiências aos consumidores, o que pode ser um importante fator de ganho de competitividade. A coordenadora de Serviços de Alimentação Fora do Lar do Sebrae, Germana Magalhães, falou sobre a cartilha 8 Desafios para a Alimentação Fora do Lar em 2016, elaborada com o objetivo de ajudar o empreendedor a atravessar o cenário de crise. 

O Fórum Fispal Food Service continua nesta quinta-feira (16), com a apresentação  de estudo do Sebrae sobre 12 fatores-chave para o sucesso de bares e restaurantes que analisa os fatores críticos mais recorrentes nesses empreendimentos. A apresentação será feita por Lucio Silva Pires Junior, da Unidade de Acesso a Mercado e Serviços Financeiros do Sebrae Nacional. Sérgio Molinarin (Food Consulting) falará sobre Tendências 2016 para food service. O evento se encerra com o painel interativo sobre tendência  e competitividade, com moderação do gerente de Serviços do Sebrae Nacional, André Spínola. O painel contará com a participação de Eduardo Mallman (Pueblo Restaurante/Porto Alegre), Fernando Lima (Japidinho Comida Japonesa/Cuiabá) e Fernando Mello (Tomanik Pizza/São Paulo).

Fispal 

A Fispal Foof Service  ocorre de 14 a 17 de junho e atrai aproximadamente 51 mil profissionais do setor. O evento  ocorre de forma integrada com a Fispal Sorvetes (Feira Internacional de Tecnologia para a Indústria de Sorveteria Profissional) e a Fispal Café (Feira de Negócios para o Setor Cafeeiro) e deve receber um público altamente qualificado, composto por proprietários e gestores de bares, restaurantes, padarias, pizzarias, sorveterias, cafeterias e outros estabelecimentos de alimentação. Ávidos pelas soluções que apresentam melhorias no desempenho e redução de custos em seus estabelecimentos, eles buscam as novidades apresentadas pelos principais players do setor.

A feira conta com 1,5 mil marcas em exposição, entre elas fabricantes que atendem por meio de distribuidores, um importante elo na cadeia de alimentação fora do lar, que leva equipamentos, acessórios e utensílios para todo o Brasil. Entre as novidades apresentadas estão equipamentos para cocção, refrigeração comercial e industrial, equipamentos para apoio e exposição, acessórios e utensílios eletroportáteis, entre outros itens necessários para o dia a dia do negócio.

Mais informações:
Assessoria de Imprensa Sebrae
(61) 3243-7851
(61) 3243-7852
(61) 2104-2770
imprensa@sebrae.com.br 

Tags: Alimentação fora do lar, bares e restaurantes