EDUCAÇÃO

Sebrae fomenta rede de apoio para melhorar a qualidade do ensino público

Projeto Embaixadores de Minas foi criado por estudantes egressos do Núcleo de Empreendedorismo Juvenil do Sebrae

Na Bett Educar de 2019, que acontece entre os dias 14 e 17 de maio, em São Paulo, o Sebrae conta com uma programação que discute e incentiva a educação empreendedora no Brasil. Um dos exemplos apresentados no espaço “Cer para Transformar” nesta quarta-feira foi o projeto Embaixadores de Minas. Formado por alunos egressos do Núcleo de Empreendedorismo Juvenil (NEJ), projeto social gratuito da Escola do Sebrae, que consiste em um curso de 1 ano oferecido pela instituição a estudantes do ensino público a partir do ensino médio, a iniciativa busca melhorar a qualidade do ensino e incentivar alunos a empreenderem dentro ou fora das escolas.

Polyana Aparecida Costa da Cruz, uma das fundadoras do projeto, conta que o Sebrae incentivou a liderança na educação. “Foi lá dentro que eu desenvolvi um projeto piloto, uma visita dos alunos à Coca-Cola. Como a Escola do Sebrae prega com frequência a importância de colocar a mão na massa, eu tentei ir além: foi aí que me vi liderando um projeto, colocando em prática todos aqueles conhecimentos”, relembra ela. “Consegui mobilizar toda a escola e levar mais de 100 alunos para a visita, além de fazer toda a logística da visita à produção e até ao marketing daquela empresa. Foi nesse projeto que eu consegui compreender o poder da educação na minha vida”.

Quando se formou no Sebrae, Polyana conta que a inquietude e a vontade de trabalhar em prol do propósito de que a educação empreendedora é a base de tudo a acompanharam. “Foi nessa força de vontade que eu saí do Sebrae e meu destino se cruzou com outras pessoas que tinham um propósito muito semelhante ao meu, de transformar a educação. Nesse cenário nasceu o Embaixadores de Minas”, comemora.

No curso oferecido pela Escola do Sebrae, o objetivo principal é colocar a ideia em ação. Por essa razão, não é uma educação baseada apenas em conceitos, mas sim na aplicabilidade do que o aluno aprende em sala de aula. Algumas das disciplinas abordadas durante o ano de curso são desenvolvimento pessoal, de equipe, além de outras mais técnicas, como contabilidade e gestão financeira. A área de inovação e tecnologia também não fica fora da grade curricular, que prepara estudantes de baixa renda para serem os empreendedores do futuro.

 

Assessoria de Imprensa Sebrae
Telefone (61) 3348-7570 / (61) 3348-7754