Inovação

Startups apresentam ideias em busca de investimento

Vencedor do Desafio Sebrae Like a Boss será finalista do CASE, maior evento de startups da América Latina

Pedro Domingues, 25 anos, é empreendedor desde que se entende por gente.  Começou na infância,  vendendo limonada, picolé e dindim. "Só tive na vida um registro de carteira assinada. Sempre quis ter meu próprio negócio".  Já adulto, saiu da pequena cidade de Cambará, de 20 mil habitantes, no interior do Paraná, em busca  de realizar este sonho. Junto com três amigos da faculdade, começou a desenvolver projetos relacionados a tecnologia. Em 2013, na primeira vez que esteve na Campus Party, ficou impressionado com as possibilidades que o universo das startups oferecia. "Na nossa região, ninguém falava sobre isso. Eu não sabia se era de comer ou passar no cabelo", brinca ele.

 

Depois de quatro edições participando como campuseiro, Pedro hoje é um dos participantes do Desafio Sebrae Like a Boss. O projeto que ele e os sócios vão apresentar é o Gestor Ideal, um sistema de gestão de empresa  baseado em gamificação. "Nossa ideia é que o cliente possa resolver o que precisar em três cliques, de forma simples, acessível de qualquer aparelho e de forma responsiva. E o game é uma forma de motivar o empresário a adotar boas práticas de gestão".

 

O Desafio Sebrae Like a Boss reúne, no estande do Sebrae na Campus Party, representantes de 48 startups de todas as regiões do país, que apresentam seus projetos  em pitchs de até três minutos. Na plateia, uma banca formada por investidores de diferentes aceleradoras e fundos de investimento. De acordo com a coordenadora de startups do Sebrae Nacional, Natália Bertussi, a seletiva que está sendo realizada na Campus faz parte do processo de definição das finalistas que irão para o CASE, maior evento de startups da América Latina, marcado para novembro, em São Paulo. “O desafio está na terceira edição e tem se consolidado como uma das maiores competições de startups do Brasil. É um momento muito importante para estes empreendedores, pois representa a oportunidade de exposição de suas ideias e ampliação da visibilidade de seus negócios”, disse.

 

Trajetória de sucesso

 

Marlon Pascoal tem 28 anos e atua com startup desde 2012, quando criou a plataforma A Deliveria, com foco no pedido de comida via internet. Em 2015, o negócio foi vendido para o Ifood. Depois de passar seis meses na fase de transição do negócio para o comprador, ele decidiu fazer um mochilão pela América Latina. Ao passar perrengue por conta de um documento que tinha esquecido – e não conseguia fazer chegar em Corumbá/MS, teve a ideia para o negócio que desenvolve hoje. Trata-se da plataforma Cabenocarro. O projeto começou em 2017 e o serviço se propõe a fazer entregas por meio de pessoas que já vão viajar. Já conta com 1.500 usuários cadastrados.

 

Ele conta que, por ser um considerado um caso de sucesso da região, acabou virando exemplo e se envolvendo na mobilização de outras startups. “Nós fomos o primeiro exemplo de uma startup do Norte do Paraná que fez o ciclo completo, do desenvolvimento de uma ideia ao crescimento do negócio e seu sucesso no mercado.  “O ecossistema de startup no Paraná hoje é uma realidade. Nossa comunidade, a Red Foot, reúne mais 300 startups de Londrina e Jacarezinho e outros municípios vizinhos. Além disso, tem várias aceleradoras, incubadoras, hotel tecnológico. Precisamos sempre estar em eventos como este, pra fortalecer e ampliar nossa atuação”, explica. Red Foot, ou pé vermelho, é uma referência aos pés vermelhos, por conta da cor da terra da região.

 

 O empresário Renato Pessoa, de Vitória/ES, participa do Desafio Sebrae Like a Boss e também expõe no espaço Startup & Makers com o projeto Every Care. É um sistema de agendamento de consulta médica online, que hoje trabalha com 48 especialidades, tem 10 mil profissionais cadastrados em 23 UF e mais de 8 mil pacientes como usuários. Ele conta que é atendido pelo Sebrae desde o início do projeto e que participar da Campus Party no ano passado foi um divisor de águas. “Tivemos contato com muitos investidores, recebemos aporte de um investidor anjo e também do Governo do Espírito Santo. Agora, precisamos ampliar nossa atuação junto aos planos de saúde e pretendemos expandir nossos negócios na região Nordeste”, conta.

 

Mais Informações:

Assessoria de Imprensa Sebrae

(61) 3348-7754/7570

imprensa@sebrae.com.br

 

Para empreendedores:

Central de Relacionamento Sebrae

0800 570 0800