TURISMO

Sebrae Day debate sobre as tendências, desafios e oportunidades do turismo pós-pandemia

Evento aconteceu pela primeira vez em nível internacional, com a participação de especialistas que destacaram o papel da inovação e da tecnologia para a retomada do setor após a crise

Qual o futuro do turismo após a pandemia? Que tendências estão sendo percebidas e quais os maiores desafios que os empresários do segmento irão enfrentar? O debate sobre as perspectivas para o setor de turismo no Brasil e no mundo foi o tema de mais uma edição do Sebrae Day realizada na última quinta-feira (16). Pela primeira vez a iniciativa foi realizada em nível internacional, com a participação de convidados de fora do país. O encontro teve como pano de fundo a crise provocada pela pandemia do coronavírus e ressaltou a importância do novo cenário para o turismo brasileiro; as estratégias com foco na sustentabilidade, inovação e tecnologia, e o papel que as startups vão desenvolver nesse contexto.

A consultora especializada em Inovação e Tendências do Turismo e especialista em marketing digital para o setor, Marta Poggi, deu início às apresentações. Ela ressaltou as tendências de mercado para a retomada do setor após a pandemia e destacou que a recuperação deve acontecer em etapas: primeiramente no turismo regional, depois em âmbito nacional e por fim internacional. Marta também abordou o papel da tecnologia na recuperação de empresas e destinos turísticos e falou sobre a importância de entender o novo perfil do viajante. Segundo a especialista, o mercado vai assistir a um acirramento da competitividade entre empresas e destinos turísticos, em um contexto marcado por restrições geográficas e econômicas.

De acordo com Marta, é necessário buscar estratégias com base nos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), que valorizem a tecnologia e que atendam às necessidades do cenário atual. Ela destacou a importância de soluções inovadoras que promovam melhor fluxo de acesso a atrações turísticas, reduzam a necessidade do contato e que façam a diferença nos locais onde o turismo acontece em comunidades de povos originários. Para finalizar sua fala, ela tratou sobre a urgência das mudanças. “A adaptação é necessária. Precisamos de toda criatividade dos profissionais do setor para termos empresas inovadoras e um turismo mais criativo e fortalecido daqui para frente”, comentou.

Na sequência, o diretor de desenvolvimento internacional da Globalia, maior grupo turístico espanhol, e diretor geral do Wakalua Innovation Hub, Lisandro Menu-Marque, falou direto da Espanha sobre os projetos desenvolvidos para o Brasil pela empresa, em parceria com o Ministério do Turismo (MTur). Segundo ele, até o momento foi realizado um minucioso diagnóstico do turismo tecnológico no país, análise de situação e monitoramento da COVID-19, proposta de estratégia com todos os atores determinantes do turismo nacional e a divulgação do 1º Desafio Brasileiro de Inovação e Turismo.

O desafio está com as inscrições abertas até o dia 2 de setembro (quarta-feira) e as inscrições podem ser feitas pelo link: https://startups.turismo.gov.br/

Giovana Serenato, analista de inovação do Sebrae, finalizou trazendo a importância do Sebrae no contexto atual para o setor de turismo, visto que diversas ações estão sendo realizadas, dentre elas os protocolos de retomada desenvolvidos em parceria com entidades empresariais, pesquisas segmentadas para orientação no acesso ao crédito e ações de mercado, finanças e legislação que trazem conteúdos e soluções para os pequenos negócios buscarem novas formas de comercialização, orientação para a adoção de ferramentas digitais de suporte a gestão e sobre medidas governamentais que beneficiam os pequenos negócios, dentre outras.

Sebrae Day

O Sebrae Day é uma série de debates sobre temas relativos à inovação nos pequenos negócios promovido pelo Sebrae. Os encontros, que aconteciam sempre no espaço Inovabra Habitat, em São Paulo, estão sendo feitos por meio digital desde o início da pandemia.