INOVAÇÃO

8º Congresso Brasileiro de Inovação discute como promover a cultura da inovação empresarial

Durante a abertura do evento, o presidente do Sebrae destacou o trabalho da instituição para o desenvolvimento da competitividade, produtividade e geração de emprego

 

Tendências, ideias e visões para uma agenda consistente em prol do desenvolvimento do país. Esse é o propósito do 8º Congresso Brasileiro de Inovação da Indústria, que, durante dois dias, discute a inovação com grandes e pequenas empresas no Brasil. Com a presença do presidente do Sebrae, Carlos Melles, do presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Andrade, e do governador de São Paulo, João Doria, a abertura do congresso ressaltou a importância da inovação no país no campo da tecnologia, para que novos empregos sejam gerados e a indústria continue em plena atividade.

De acordo com o presidente da CNI, a inovação tem capacidade de transformar e melhorar as pessoas, além de tornar o consumo mais acessível. Para Andrade, ela também exige profissionais bem capacitados que fortalecem a economia de um país. “É, portanto, essencial colaborarmos para um ecossistema de inovação sólido em que o setor público, sistema privado e a academia trabalhem em consonância”, disse. “Se os desafios são muitos, é de extrema importância conhecermos e darmos visibilidade às iniciativas exitosas e parcerias de sucesso no Brasil. E isso é feito por profissionais consistentes e que não recuaram diante das adversidades”.

Carlos Melles ressaltou a importância do Sebrae na geração de empregos no Brasil. “O Sebrae tangencia o Brasil nos melhores projetos e cria um ambiente de desenvolvimento em praticamente todos os municípios do país. A instituição é bem vista, bem falada e bem avaliada”, comemorou. “O nosso objetivo é a geração de emprego, de competitividade que gera produtividade. Em suma, é melhorar a vida do brasileiro”.

O governador João Doria destacou que o apoio à tecnologia e à inovação são necessários ao país. “Temos um compromisso com a indústria 4.0, o desafio da consolidação da indústria. E não há possibilidade de avançar em tecnologia sem uma ação conjunta entre o poder público e privado, bem como entre aqueles que representam os poderes executivo e legislativo”, disse Doria. “Só se desenvolvem aqueles que têm coragem e ousadia”, finalizou.

Também participaram da solenidade de abertura do evento, Júlio Semeghin, secretário executivo do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), e Joyce Hasselmann, Deputada Federal e líder do governo no Congresso Nacional. A programação do evento, que reúne palestrantes nacionais e estrangeiros e mais de 6 mil participantes, continua até esta terça-feira (11).

 

Assessoria de Imprensa Sebrae
Telefone (61) 3348-7570 / (61) 3348-7754