Londrina

Tecnologias disruptivas foram apresentadas durante ECO.TIC 2018

Evento de Tecnologia da Informação e Comunicação levou aos participantes novidades em robótica, big data, internet das coisas

A sexta edição do ECO.TIC 2018 terminou nesta quarta-feira (31), com uma programação que passeou pela robótica, inteligência artificial, big data, internet das coisas e outras tecnologias disruptivas que prometem transformar a forma como são oferecidos produtos e serviços. A apresentação do Adam Robô, com soluções aplicadas à área da saúde, e a palestra de Vinícius Senger, da Amazon, estiveram entre os destaques do evento de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), realizado no Parque de Exposições Ney Braga, em Londrina. 

A consultora do Sebrae/PR, Danubia Milani, considera a edição foi um marco para Londrina. Ela lembra que, neste ano, além de trazer o que há de mais tecnológico e inovador na área de  TIC, foram incluídos conteúdos voltados para os cinco setores elencados pela Fundação CERTI como estratégicos e inovadores para a economia regional, que são a saúde, agronegócio, construção civil, eletromelmecânico e químico e materiais. 

“São setores que estão se reinventando e que puderam conferir como a transformação digital afetará os negócios positivamente”, afirmou. Além dos conteúdos apresentados em palestras de nível nacional e internacional, os participantes puderam conferir uma área de exposição. Vinte empresas e sete startups levaram ao evento suas soluções digitais. 

O diretor e fundador da Prevention, Juliano Santos, levou para o evento um protótipo do Adam Robô, uma ferramenta portátil, leve e resistente que auxilia o oftalmologista na triagem visual. Segundo ele, por meio de um teste que leva apenas cinco minutos, o equipamento avalia a visão e descobre problemas como astigmatismo, miopia, hipermetropia, daltonismo e grande parte das doenças relacionadas aos olhos. “Nossa missão é prevenir e combater a cegueira evitável”, afirmou. Santos disse que, a cada cinco segundos, uma pessoa fica cega no mundo, são 17.280 por dia. “Queremos mudar essa realidade, já que 80% dos casos podem ser evitados”, apontou. 

O Senior Technical Evangelist na Amazon Web Services, Vinicius Senger, apresentou aos participantes as mais recentes inovações de uma das marcas mais valiosas do mundo. Para as startups que estão entrando agora no mercado, ele sugeriu a participação no programa AWS Activate, que oferece recursos de computação em nuvem. “O programa pode oferecer até R$ 100 mil dólares em crédito, o que sustentaria uma startup por dois a três anos”, contou. A dica para inovar sem gastar muito ou nada, segundo ele, é não querer montar um data center, mas usar a computação em nuvem. “Se for usar a da Amazon, não pague por ela, participe do programa”, recomendou. 

Para o empresário Fabio Zanluchi, que trabalha com o desenvolvimento de soluções para o varejo, participar do ECO.TIC foi importante para estar próximo de empresas que buscam inovação e novos caminhos para os desafios apresentados pelo mercado. “Aqui, estamos próximos de grandes players, convidados para palestrar no evento, além de muitos formadores de opinião”, afirmou. Na avaliação dele, o mais positivo foi a possibilidade de pequenas empresas terem acesso a conteúdos e informações que só encontrariam em grandes centros ou mesmo fora do Brasil. “Um grande evento como esse traz tudo para a nossa realidade e aproxima ainda mais aqueles que não tiveram força, dinheiro ou oportunidade de estar em grandes eventos com a mesma qualidade de conteúdo que o ECO.TIC”, opinou. 

Soluções digitais ao público 

No espaço para os expositores, empresas e startups de diversos segmentos levaram aos participantes soluções e serviços digitais inovadores. Uma delas foi a Arbo Imóveis, uma startup do segmento imobiliário. Manoel Gonçalves, CEO da Arbo, disse que trabalha com a automação imobiliária usando big data e inteligência artificial. “Todo funil imobiliário de vendas passa pela nossa plataforma”, afirmou. Ele contou que, antes de criar o negócio, era dono de uma imobiliária tradicional. “Viemos ao evento para trocar experiências com startups e aumentar o networking em outras áreas também, além de buscar novos conhecimentos”, completou. 

O diretor de marketing da Bis 2 Bis, Rodrigo Chagas, levou para a área de exposição informações sobre a plataforma de e-commerce oferecida pela empresa e voltada para qualquer tipo de negócio, do pequeno ao grande. Além de oferecer a tecnologia para os empresários que desejam impulsionar as vendas pela internet, ele disse que também realiza um trabalho de consultoria e imersão no negócio dos clientes. O consultor comercial da marca, Jihed Ali El Majzoub, citou que a empresa possui parceiros nos mais diversos segmentos, de moda à bebida. “A gente brinca que vendemos a inteligência da loja virtual, porque a tecnologia todo mundo tem”, descreveu. 

O consultor da Cidade Solar, Bóris Rodrigues Brouco, disse que a energia solar está presente em todos os setores da economia e tem crescido exponencialmente no Brasil. “A sustentabilidade está em alta e o Brasil acordou para essa tecnologia. No último ano, tivemos um crescimento de 400%. Nossa empresa está há cinco anos no mercado e tem atendido demandas a nível nacional”, contou. Para ele, foi muito importante estar entre os expositores do ECO.TIC, evento que reuniu lideranças e empresários de seis importantes setores para a região. “Foi uma ótima oportunidade para fazer relacionamentos e contatos”, afirmou. 

O ECO.TIC 2018 é uma realização do APL TI Londrina e Região, Cintec, TI Paraná, Sebrae/PR, Sistema Fiep/Senai, Acil e tem o apoio do Salus, Sindimetal Norte/PR, Sinduscon Paraná Norte, Sinquifar/NP, Sociedade Rural do Paraná (SRP) e organização da F&B Eventos. O evento conta com o patrocínio da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), AMTI Evolução Digital Dell EMC Partner Platinum, Caixa Econômica Federal (Caixa), Frezarin Eventos, Itaipu Binacional, Sistema Fiep, Senai, Fomento Paraná, Westcon, Bis 2 Bis e-commerce, Hotmilk, PUC-PR Campus Londrina, Smart Value, Algar Telecom, RIC TV e Softex.

 

 Informações para a imprensa: 

Savannah Comunicação Corporativa- empresa licitada do Sebrae/PR
Assessoria de Imprensa Regional Norte: Amanda de Santa - (43) 98808-2598 / 99917-7751
Adriano Oltramari – Jornalista do Sebrae/PR - (41) 3330-5895 - www.pr.agenciasebrae.com.br    
 

 

 

Tags: ECO.TIC, Sebrae/PR