Tecnova II

RN terá R$ 2 milhões para investir em empresas inovadoras

Os recursos serão aplicados nos projetos selecionados pelo edital Tecnova II, que vai conceder até R$ 200 mil por empresa. As inscrições foram abertas nesta terça-feira (26).

Empresas com faturamento anual bruto de até R$ 16 milhões têm a oportunidade de receber um recurso extra para investir em inovação tecnológica. O Sebrae no Rio Grande do Norte e a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) lançaram na manhã desta terça-feira (26) o edital do Programa Tecnova II. Serão disponibilizados recursos da ordem de R$ 2 milhões para capacitar e apoiar financeiramente as empresas selecionadas. As inscrições já estão abertas e informações podem ser obtidas pelo telefone 0800 570 0800. O lançamento do edital e abertura das inscrições ocorreu durante solenidade realizada na sede do Sebrae, em Natal.

Programa Tecnova II visa promover um significativo aumento das atividades de inovação e o incremento da competitividade nas empresas e na economia. O dinheiro será concedido de forma não reembolsável - ou seja, não será preciso devolver os recursos - a empresas com projetos inovadores – em prototipagem, produtos e processos – desde que estejam constituídas há pelo menos seis meses e com faturamento bruto anual de até R$ 16 milhões. Cada projeto receberá um incentivo de R$ 200 mil.

Terão prioridade no programa empresas dos setores de Alimentos e Bebidas, Casa & Construção, Têxtil & Moda, Energias, Turismo, Saúde & Beleza, TI, Economia Criativa e Bioeconomia. A estratégia é ampliar a quantidade de empreendimentos inovadores nos ambientes promotores de Inovação, incluindo as incubadoras e aceleradoras de empresas, parques e polos científicos e tecnológicos

Durante a solenidade, o diretor superintendente do Sebrae-RN, José Ferreira de Melo Neto, destacou a importância dos parceiros para a execução do Edital Tecnova II, como a Finep, o Ministério da Ciência e Tecnologia, a Rede Potiguar de Incubadoras, a Fapern, a Funpec, o Instituto Metrópole Digital e a Federação das Indústrias do RN. “Reiteramos o nosso interesse de manter essas parcerias, sobretudo com a Finep que é uma importante instituição de fomento à inovação, ciência e tecnologia para promover a competitividade das empresas do nosso estado”, ressalta o superintendente, que é conhecido como Zeca Melo.

O diretor lembrou que as 20 incubadoras em operação no estado são de grande relevância para o ecossistema de inovação e tecnologia. Destas, seis são certificadas pelo modelo de gestão Associação Nacional de Entidades Promotoras de empreendimentos Inovadores (Anprotec).

O gerente do Departamento de Desenvolvimento Tecnológico e Subvenção Descentralizada da Finep, Marcelo Nicolas Camargo, afirmou que o Tecnova II tem recursos da ordem de R$ 2 milhões, sem contrapartida financeira das empresas, com possibilidade de injetar recursos em projetos de até R$ 200 mil, com 24 meses de execução. “A inovação no nosso país é um vetor de combate à desigualdade social. O desenvolvimento de novas tecnologias é fundamental para o crescimento econômico e social do país”, afirma.

Camargo destaca que o Tecnova está dentro de uma linha de programas de fomento que é fundamental para o Rio Grande do Norte nesta retomada de investimentos na região. Ele elogiou o comprometimento do Sebrae no apoio às micro e pequenas empresas do estado, contribuindo para o fortalecimento da economia e competitividade regional. O Sebrae vai fazer toda a execução do edital e avaliação dos projetos, monitorando os recursos e acompanhando o desenvolvimento de cada projeto.

Serviço:
www.rn.agenciasebrae.com.br
http://www.rn.sebrae.com.br
http://www.facebook.com/SebraeRN
http://www.twitter.com/SebraeRN
Call Center: 0800 570 0800

Agência Sebrae de Notícias (ASN RN): (84) 3616-7911