Abertura Enel

Nordestinos e franceses discutem produção e consumo de lácteos

Produtores de leite e produtores lácteos do NE e da França se reúnem no Rio Grande do Norte para troca de conhecimento, capacitação e para discutir assuntos ligados à cadeia produtiva

Depois de um período de sete anos castigados por uma estiagem que praticamente dizimou os rebanhos da região, os estados nordestinos estão pleno processo de recuperação da produção de leite e têm pela frente desafios a serem vencidos. Potencializar o consumo dos derivados lácteos e a ampliação de mercado para os queijos artesanais fora das regiões produtoras estão entre os principais. Por isso, integrantes da bovinocultura leiteira, indústrias e queijarias estão reunidos para debater esses assuntos no 15° Encontro Nordestino do Setor de Leite e Derivados (Enel), que foi aberto nesta segunda-feira (5), no Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim (RN).

O evento busca compreender as transformações que estão ocorrendo no campo, antever as tendências de consumo e vislumbrar e aproveitar as oportunidades que surgem principalmente para pequenos produtores. Até o dia 7, mais de duas mil pessoas de todos os estados da região estarão participando de palestras, painéis, atividades técnicas práticas, oficinas gastronômicas, concursos de queijos, minicursos, maratona tecnológica, exposições e leilões de animais leiteiros.

O Enel começa já em meio a discussões sobre a valorização e defesa do queijo artesanal. “É um motivo de alegria participar do Eenl porque o evento nasceu aqui [RN] e por ser um dos mais importantes eventos do setor no país. Essa edição vem com uma oportunidade de troca de conhecimento e geração de novos negócios”, projetou o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae-RN, Marcelo Fernandes de Queiroz, que destacou os resultados do projeto Leite & Genética que já melhorou o padrão genético de 10 mil animais. “Estamos levando inovação e tecnologia para o campo através do programa Sebraetec”.

O diretor superintendente do Sebrae-RN, José Ferreira de Melo Neto, também ressalta a programação desta edição do Enel, que terá uma queijeira artesanal montada no parque e também o Vacaton, uma maratona de ideias inovadoras voltadas para a pecuária leiteira e demais elos da cadeia produtiva. “É um evento ousado, corajoso e competente”, define e continua: “Hoje, podemos fazer um evento com uma legislação aprovada. E em parceria com o governo vamos padronizar 39 queijeiras, que serão adequadas e adaptadas às exigências da nova legislação”. Trata-se de uma parceria entre Sebrae e Governo Cidadão, que vão investir cerca de R$ 31 milhões, com recursos do Banco Mundial, nessa cadeia produtiva.

A cerimônia de abertura foi realizada no Tattersal da Associação Norte-rio-grandense de Criadores (Anorc) e contou com a participação de uma delegação Guilde Internationale des Fromagers, Confraria Internacional de Mestres Queijeiros da França que reunir pessoas relacionadas à cadeia produtiva do leite em todos os níveis e no mundo inteiro, transmitindo o saber queijeiro. Roland Barthelemy apresentou a delegação.

Com 5.600 membros em vários países, a Guilde vem pela primeira vez ao Brasil e conhece de perto o Nordeste e sua tradição na produção dos queijos de coalho e de manteiga, estes feitos no tacho de bronze e ao fogo à lenha. A delegação é composta por 17 integrantes, entre eles o presidente da Federação de Queijeiros da França, Claude Maret, que também participou da abertura do Enel. A entidade reúne 3.500 boutiques de queijos na França.

Durante a solenidade, a Guilde homenageou personalidades do Nordeste ligadas ao fazer queijeiro. Acácio Brito, que é gestor do projeto Leite & Genética do Sebrae-RN e coordenador do 15º Enel, foi um dos homenageados e agraciados com medalha e uma estatueta da Guilde. Adriana Lucena, Adriano Gurgel e Joaquim Dantas Duarte também receberam a mesma homenagem. O Enel é uma realização do Sebrae em parceria com Anorc, Governo do Estado, Faern e conta com apoio de diversos outros parceiros.

Serviço:

http://www.rn.agenciasebrae.com.br
http://www.facebook.com/SebraeRN
http://www.twitter.com/SebraeRN
Call Center: 0800 570 0800
Agência Sebrae de Notícias (ASN RN): (84) 3616-7911