Agrolab Amazônia

Inovação no agronegócio motiva realização de evento 100% digital

Pesquisa do Sebrae, feita em parceria com a Embrapa, revela que 84% dos produtores utilizam ao menos uma tecnologia digital

A digitalização, cada vez mais, tem se transformado em uma aliada dos produtores rurais no seu esforço de produção ou comercialização dos seus produtos. Pesquisa feita em 2020, pelo Sebrae em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), revelou que pelo menos 84% dos produtores rurais utilizam ao menos uma tecnologia digital nos seus negócios. Na pesquisa foram consideradas como tecnologia o acesso à internet ligado a produção, o uso de app como Whatsapp e Facebook, ferramentas digitais de dados ou imagens, entre outras que fazem parte do dia a dia do negócio rural.

Um bom exemplo é o produtor Megumi Yokoyama, dono da fazenda de peixe Boa Esperança, em Pimenta Bueno (RO). Ele conta que, desde o ano passado, após superar uma resistência pessoal, aderiu a uma nova tecnologia na sua empresa: as vendas pelo WhatsApp. “Era contra, mas temos que acompanhar as tecnologias e com a ajuda da minha família começamos a mostrar nossos produtos de uma forma melhor para os clientes”, afirma Megumi, conhecido na região como “Pedrinho”.

Além do uso da tecnologia para impulsionar as vendas dos cerca de sete milhões de alevinos que produz por ano, Pedrinho há quase 40 anos se utiliza da tecnologia e de pesquisas para melhorar a qualidade dos seus produtos. Desde 1982 ele conta com a parceira do Sebrae para realizar a melhoria dos processos de sua produção, incluindo o melhoramento genético.  “A atividade de piscicultura em Rondônia se desenvolveu com a ajuda do Sebrae, que trouxe novas técnicas de produção para podermos entregar um produto de características únicas e tipicamente amazônico”, revela o produtor que começou a atividade inspirada em um hobby de fins de semana: o de pescar.

E para ajudar esses empreendedores a melhorarem a sua produção ainda mais e descobrirem novas formas de comercializar os seus produtos, o Sebrae Rondônia realiza, entre 14 e 16 de setembro, a segunda edição do Agrolab Amazônia, juntamente com os Sebrae da Amazônia Legal nos estados do  Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Roraima e Tocantins. A perspectiva para 2021 é que o evento seja novamente a maior feira do agronegócio da Amazônia, realizada totalmente de forma gratuita e em um ambiente 100% digital, dentro de uma plataforma 3D gamificada.

Em 2020 o Sebrae Agrolab Amazônia proporcionou a realização de cerca de R$ 40 milhões em negócios, e revolucionou o mundo digital, trazendo para o Agronegócio, um evento inovador. O objetivo da feira é promover negócios entre empresas e visitantes, compartilhar conhecimentos por meio de palestras, fóruns e debates sobre políticas de desenvolvimento para a Amazônia Legal, além de rodadas de negócios nacionais e internacionais. “Em 2021 a Amazônia mais uma vez, estará conectada, com o Brasil e com o mundo, mostrando seus valores e oportunidades, de forma remota, usando apenas um computador pessoal, celular ou tablet, milhões em negócios serão gerados”, comenta o presidente do Sebrae, Carlos Meles.

Confira mais detalhes aqui.