Simples Nacional

Micro e pequenos negócios podem pagar Simples com Pix: 16 milhões de contribuintes são beneficiados

O Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS) virá com um QR code que possibilitará o pagamento instantâneo

Os micro e pequenos negócios que se enquadram no Simples Nacional poderão pagar suas contribuições através do Pix, tecnologia de pagamentos instantâneos criada pelo Banco Central. A novidade foi anunciada pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro). A expectativa é que mais de 16 milhões de empreendedores sejam beneficiados com a facilidade de realizar o pagamento em qualquer dia, a qualquer horário e banco que tenha o Pix.

Para fazer o pagamento do Simples com Pix, basta retirar o Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS) online, pois a partir de agora ele virá com um QR code. Em seguida, o contribuinte abre o aplicativo do banco que é correntista, escolhe a função Pix, faz leitura do código QR code com a câmera do celular e o processo será iniciado. O pagamento instantâneo também estará disponível para quem está renegociando dívidas e precisa pagar as parcelas do Simples.

A analista de Capitalização e Serviços Financeiros do Sebrae Cristina Vieira acredita que o pagamento via Pix é um avanço para os donos de pequenos negócios. “O Pix já estava disponível para os micro e pequenas empresas desde novembro de 2020 e agora, com os avanços da tecnologia de pagamentos proporcionada pelo QR code, os empresários terão mais esta facilidade. Nós sabemos como a vida do empreendedor é corrida, toda solução que venha facilitar a rotina deve ser comemorada”, afirma.

Atualmente, segundo a Receita Federal, existem 5 milhões de micro e pequenas empresas e 11 milhões de MEI inscritos no Simples Nacional. O regime especial existe desde 2006 e unifica, numa guia única, o recolhimento de sete tributos federais, mais o Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), administrado pelos estados, e o Imposto sobre Serviços (ISS), administrado pelos municípios.

Avanços no Pix
Lançando em novembro de 2020 pelo Banco Central, o Pix é um meio de pagamento instantâneo criado para trazer agilidade, segurança e praticidade aos usuários. Com baixo custo e a simplicidade das operações, se revelou uma das formas de pagamento aceita por milhares de micro e pequenos negócios de todo país. Ao longo deste ano, o Banco Central prevê uma série de avanços para o Pix. Na agenda evolutiva da ferramenta, está a inclusão da possibilidade de fazer saques, integração do Pix com a agenda telefônica do usuário, Pix por aproximação e débito automático com a opção Pix.