Inovação

Soluções de inovação ajudam pequenos negócios enfrentar a pandemia

Em pesquisa realizada com empresários, 43% afirmaram que tiveram aumento de faturamento, após participar de consultorias subsidiadas pelo Sebrae

Com a necessidade de transformação digital e inovação durante a pandemia, muitos pequenos negócios buscam as consultorias do programa Sebraetec para melhorar sua atuação no mercado digital, bem como promover a inovação dentro da empresa. Em Alagoas, o dono da agência de turismo RF Tour, Rômulo Ferro, conseguiu aprimorar a presença digital do seu negócio com o apoio das consultorias subsidiadas pelo Sebrae. “Esse subsídio de 70% nas consultorias foi muito relevante para tornar possível o desenvolvimento do site, a criação do portfólio digital e a construção do nosso aplicativo que está sendo desenvolvido para ser um guia de bolso digital exclusivo para os nossos clientes”, explicou.  

O empresário conta que, apesar da crise enfrentada pelo setor, a digitalização dos serviços, entre outros fatores, permitiu que a empresa tivesse aumento de faturamento. “Mesmo com as restrições impostas pela pandemia, continuamos nosso atendimento em homebase e ao comparar os números do 1º quadrimestre deste ano com o mesmo período do ano passado, verifiquei aumento médio acima de 30%”, disse. Segundo ele, atualmente apenas 10% dos atendimentos é feito presencialmente. 

No Rio Grande do Norte, o empresário Antônio Neto, que atua há 12 anos no segmento de turismo, encontrou no Sebraetec a oportunidade de dar uma guinada nos negócios da empresa e desenvolver um novo modelo de negócio, voltado apenas para o atendimento do consumidor final. Durante as consultorias do Sebraetec, o empresário foi orientado quanto às mudanças necessárias para consolidação da marca Foco Turismo; criação do site e atuação no comércio eletrônico, bem como realizou o mapeamento dos processos da nova empresa com objetivo de franquear o negócio. Ele conta que o resultado da experiência o surpreendeu. “Mesmo diante da pandemia e da realidade difícil do Turismo, tivemos a grata surpresa de expandir nossa nova marca por meio de franquia, a partir da maturação do projeto durante o plano de consultoria. Nós conseguimos fechar 10 contratos de franquia e até mesmo levar uma marca nordestina para o Sul do país, o que geralmente não é o caminho observado no mercado”, comentou. 

Para esclarecer como os serviços prestados pelo Sebraetec podem ajudar os empresários, o analista de inovação do Sebrae, Arthur Carneiro, elaborou algumas dicas: 

•Reveja a presença digital da sua empresa. A internet tornou-se uma ferramenta muito utilizada pela busca de produtos e serviços e pode ajudar a localizar o seu negócio. A consultoria do Sebraetec em desenvolvimento de mídias digitais, por exemplo, ajuda na expansão da visibilidade da empresa, abertura de novos mercados e de novos públicos, entre outros benefícios.

•Com a pandemia, os consumidores estão muito mais atentos às questões de higiene e segurança sanitária nos estabelecimentos. A adoção de medidas preventivas de contaminação de doenças é bem-vista pelos clientes e aumenta a credibilidade do seu negócio, gerando um diferencial competitivo. No ano passado, o Sebraetec ofereceu consultorias de boas práticas higiênico-sanitárias e cuidados contra a Covid-19 para diversos estabelecimentos comerciais e escolas que se preparavam para a retomada do atendimento presencial, com adequação de fluxos de trabalho, elaboração de planos de prevenção, entre outras orientações.

•A crise exigiu um esforço ainda maior dos donos dos pequenos negócios quanto à gestão da empresa. É preciso uma atenção ainda maior aos processos internos para evitar perdas ou desperdícios. Muitos empresários procuraram o Sebraetec para melhorar a eficiência e produtividade do empreendimento com consultorias de controle e melhoria de processos que, entre outros benefícios, podem reduzir custos.

•Uma boa comunicação visual ajuda a empresa a caracterizar a marca e consolidá-la como única no mercado. Para isso é preciso estabelecer o propósito, posicionamento e plataforma da marca para conquistar o cliente que cada vez mais busca valor e identificação. O programa Sebraetec também oferece serviços de design que incluem comunicação visual e branding, com criação de identidades visuais que podem criar conexões que fazem diferença no momento da escolha da compra.

•O uso de tecnologia e inovação também pode ser um diferencial competitivo para os pequenos negócios que atuam no agronegócio. Em 2020, muitos produtores rurais procuram o Sebrae, tanto na parte de agricultura para aplicar boas práticas de produção, quanto na pecuária, onde serviços dmelhorias genéticas foram aplicados nos rebanhos dos produtos. Esss inovações aumentam a produtividade do empreendimento rural ou também contribui para melhora na qualidade genética do rebanho.

Aumento do faturamento

No ano passado, o Sebraetec atendeu quase 50 mil empresas em todo o país. São mais de 250 soluções oferecidas por prestadores de serviços credenciados pelo Sebrae nos eixos de Produção e Qualidade; Design; Sustentabilidade; Saúde e Segurança no Trabalho; e Desenvolvimento Tecnológico para todos os perfis de pequenos negócios nos setores do comércio, serviços, indústria e agronegócio. Os custos das consultorias contam com o subsídio de até 70% pago pelo Sebrae. 

Em pesquisa realizada pelo Sebrae para avaliar os resultados da iniciativa, 43% das empresas observaram aumento de faturamento após participação, sendo que a maioria delas (64%) estima que este aumento tenha sido de até 20%. O destaque fica para os pequenos negócios do setor de agronegócio, dos quais 56% relataram aumento de faturamento. Ao todo, mais de 6 mil donos de pequenos negócios foram entrevistados por telefone, entre fevereiro e abril deste ano.  

O levantamento também apontou que 97% dos negócios realizaram ao menos uma inovação, seja no produto ou serviço, processos, organização ou marketing. Entre as principais mudanças realizadas após o Sebraetec, destacam-se as melhorias na qualidade de produtos ou serviços (81%), melhorias no atendimento (78%), redução de desperdícios (65%), redução de custos (64%) e criação ou melhoria do site ou das redes sociais da empresa (57%).  

Presença Digital

O Sebrae dedicou o mês de julho à temática da presença digital. Ao longo de todo o mês, foi  realizada uma série de atividades voltadas ao debate sobre a importância da transformação digital nos pequenos negócios. A pesquisa de Impacto da Pandemia nas MPE mostra que quem aderiu às vendas online e soube explorar melhor as ferramentas sentiu menos as consequências da crise. A comercialização de produtos pela internet foi acelerada pela pandemia. Por isso, conheça todas as soluções de gestão disponibilizadas, gratuitamente, pelo Sebrae.