Gestão

Serviço de monitoramento de linhas de crédito oferecido pelo Sebrae tem alta

Levantamento semanal traz um compilado de informações para que o empreendedor tenha condições de avaliar as melhores propostas do mercado

Mais de 3,8 mil empreendedores já fizeram downloads na página do Sebrae que monitora informações de instituições financeiras relacionadas a empréstimos em todo o Brasil. A proposta do serviço é levar às micro e pequenas empresas informações qualificadas e úteis para que o empreendedor tenha elementos para a tomada de decisão consciente. Os acessos ocorreram entre 27 de março e 11 de maio deste ano, período em que perdura a pandemia causada pelo novo coronavírus, que afeta diretamente os pequenos negócios. Desde o lançamento do serviço, que está na 7ª edição, o portal da instituição vem registrando um fluxo constante e progressivo na página que abriga o documento.

O levantamento, coordenado pela Unidade de Capitalização e Serviços Financeiros do Sebrae, com o apoio das equipes do Sebrae nos estados e no DF, está disponível no portal do Sebrae. Clique aqui para ter acesso ao documento.

“O Sebrae tem sido essencial para auxiliar as empresas nesse momento dramático de pandemia”, diz o empresário Leandro Ferreira Lopes, do ramo da construção civil em Boa Vista (RR). Leandro foi um dos que consultou as linhas de crédito disponíveis para seu negócio.

“Estamos fazendo um mapeamento das melhores opções de crédito do mercado para as micro e pequenas empresas”, explica o analista Weniston Abreu. “Aconselhamos ainda que os empreendedores consultem o gerente do banco para saber se a opção de linha de crédito escolhida é a mais adequada para suas necessidades e se a instituição é conveniada ao Sebrae para operacionalizar o Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe), que complementa as garantias exigidas, às quais os donos de pequenos negócios muitas vezes não dispõem”, complementa o especialista.

O documento pode servir de comparativo uma vez que traz a ficha técnica das linhas de crédito, benefícios e informações estaduais, inclusive. Pelo último balanço estatístico divulgado pelo Sebrae, foram identificadas 123 linhas de crédito, envolvendo 22 estados da federação, 05 instituições públicas federais, 01 banco privado, 27 bancos regionais, agências de fomentos e Oscips de microcrédito, 05 Sistemas cooperativos e 09 cooperativas singulares.

O levantamento apresenta as seguintes sessões: Bancos Públicos Federais, Instituições Privadas com atuação nacional, Bancos Regionais, Agências de Fomento e Cooperativas Financeiras.